Você sabe o que é Orgasmo?

Quer saber como gozar intensamente, sozinha ou acompanhada, mas não sabe por onde começar?

Se sim, então leia esse artigo até o final, pois ele servirá como o seu Guia Completo do Orgasmo.

Sabe por quê?

Porque sabemos o quanto esse tema é muito amplo e gera dúvidas. Por isso, fizemos uma pesquisa bem completa para você, reunindo diversas informações relevantes que irão melhorar sua vida sexual em todos os sentidos.

Eis o que você vai descobrir hoje:

1. O que é Orgasmo;
2. O que acontece com nosso corpo durante o Orgasmo;
3. Como saber se gozou;
4. Por que algumas mulheres não conseguem gozar;
5. Quais os benefícios do Orgasmo;
6. Como superar os obstáculos para o Orgasmo;
7. Principais dúvidas sobre Orgasmo;
8. Posições que ajudam a chegar lá;
9. Dicas para Gozar facilmente;
10. Como chegar ao Orgasmo.

Se você quer ter orgasmos múltiplos ou proporcionar essa experiência para sua parceira (ou parceiro), hoje você vai sair daqui com uma nova visão (ou ideias).

Preparado (a)? Então vamos lá!

O QUE É ORGASMO, AFINAL?

Tecnicamente, o orgasmo é o nível máximo de excitação, acompanhado de um profundo relaxamento e leve perda de consciência.

Ele é percebido pelo corpo através de contrações físicas, respiração ofegante, espasmos involuntários e mais uma cascata de emoções.

Na verdade, o orgasmo é um estado físico e mental, pois cada pessoa o interpreta de uma forma. Ele pode acontecer tanto com masturbação ou na relação com o parceiro (ou parceira).

COMO O CORPO REAGE AO ORGASMO

"O que acontece com meu corpo durante um orgasmo? Nunca tive um e gostaria de saber o que acontece, se é mais intenso na relação ou masturbação."

Esta pergunta feita por uma de nossas seguidoras é uma das principais dúvidas quando falamos sobre o tema. Então preste atenção nessas curiosidades sobre o que acontece com nosso corpo durante a excitação e estimulação até chegar ao ápice do prazer.

O QUE ACONTECE ANTES E DURANTE O ORGASMO

Em primeiro lugar, a parte lógica do cérebro (aquela responsável pelo raciocínio e razão) é completamente desligada, de forma temporária. O “desligamento” dessa parte da mente também está associado à diminuição do medo e da ansiedade. É por isso que as pessoas se sentem mais ousadas e menos desinibidas no clímax.

Como é o orgasmo feminino?

Durante a excitação sexual, enquanto o cérebro libera uma quantidade incrível de hormônios, o corpo já apresenta modificações como:

- A vagina fica úmida e o fluxo sanguíneo aumenta. A vulva fica com cor mais escura e o clitóris aumenta. Os lábios vaginais abrem e viram para fora.

- O útero e o colo útero são puxados para cima e para trás até o pélvis. Isso faz com que a vagina fique mais longa.⠀
Os batimentos cardíacos, a respiração e a temperatura do corpo aumentam. Além disso, os seios incham, os mamilos ficam endurecidos e a pele avermelhada.

- O clitóris tem papel importante na obtenção do orgasmo, através de sua estimulação direta. Isso pode ser feito com a mão, boca, vibrador ou pênis.

- A penetração faz com que a vagina se torne mais estreita, o que estimula ainda mais a parede vaginal. Um orgasmo acontece no ápice da excitação.

- Os músculos ao redor da vagina se contraem com força e ritmicamente. Estas contrações duram de 1 a 20 segundos aproximadamente. Elas começam intensas e depois o intervalo aumenta progressivamente. No geral, uma mulher pode ter de 10 a 15 contrações no orgasmo.

- Depois do orgasmo, predomina uma sensação de relaxamento. O orgasmo é uma experiência muito pessoal, com ou sem parceiro. A intensidade do clímax depende muito do nível de excitação da mulher, independente se é uma relação sexual ou masturbação.⠀

Devemos lembrar também que durante o orgasmo, o cérebro libera substâncias que nos tornam menos sensíveis à dor, aumentando a intimidade e vínculo. Isso pode explicar por que puxar os cabelos ou bater na bunda são extremamente prazerosos nesses momentos.

O QUE ACONTECE DEPOIS DO ORGASMO

Após um orgasmo, o cérebro tende a desacelerar, o corpo relaxa e é precedido pela sensação de relaxamento, bom humor e, em algumas pessoas, sonolência.

Uma curiosidade que vale a pena citar aqui é que em alguns casos, o cérebro pode criar novos caminhos para o prazer que não envolvam os órgãos sexuais.

De acordo com estudiosos, pessoas incapazes de sentir estimulação genital (aquelas que tiveram os órgãos removidos ou feridos, por exemplo), o cérebro pode reestruturar os sentidos para experimentar sensações orgásmicas em outras partes do corpo.

COMO SABER SE GOZEI OU NÃO?

Como saber se gozei?

Nem sempre a mulher sabe direito se chegou ao orgasmo ou não. Às vezes nem o homem consegue identificar se ela sentiu prazer na relação.

Então… Como saber se ela gozou?

Alguns sinais são muito comuns e indicam se está no auge. Preste atenção:

1. CONTRAÇÃO MUSCULAR

Imagine uma corrente de adrenalina passando pelo seu corpo. Essa é a principal sensação de um orgasmo. Os indícios mais visíveis são as contrações musculares como apertar as mãos ou pés, contorcer o corpo, jogar a cabeça para trás e outras coisas que nem percebemos.

2. ESPASMOS VAGINAIS

O canal vaginal e todos os músculos do assoalho pélvico se contraem e relaxam de forma rápida e involuntária. Geralmente são entre 3 e 15 contrações em intervalos de 0,5 segundos. Essas fortes contrações podem ser sentidas na masturbação ou penetração.

O útero costuma inchar, chegando a dobrar de tamanho. Cerca de 15 minutos depois do gozo, ele retorna ao seu estado natural.

3. RESPIRAÇÃO OFEGANTE

Outro sinal evidente quando o orgasmo está próximo se refere ao padrão de respiração, que fica bem mais acelerado e ofegante. Além disso, a pessoa sente ondas de calor que vão dos pés à cabeça.

4. LUBRIFICAÇÃO EXTREMA

Quanto mais a mulher vai ficando excitada, mais a vagina produz lubrificação natural. O pênis entra e sai com muito mais facilidade.

Mas atenção: pode ser que algumas mulheres maduras não tenham lubrificação tão intensa. Não se preocupe quanto a isso! Cada mulher reage de uma forma e esse detalhe te impede de ter prazer. Sempre aposte em lubrificante íntimo que não tem erro!

5. AUMENTO DA CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA:

Com todas essas sensações acontecendo ao mesmo tempo, é natural que a circulação sanguínea aumente bastante. Com isso, o clitóris fica mais inchado e ganha uma cor mais avermelhada, assim como a vagina, os grandes e pequenos lábios e as bochechas.

Os mamilos também ficam totalmente enrijecidos, como se estivessem arrepiados de frio e os batimentos cardíacos aumentam.

6. RELAXAMENTO

Depois que o orgasmo é alcançado, a tendência é a pessoa ficar “esgotada”, quase que num estado de transe. Algumas mulheres se recuperam rapidamente e ficam mais excitadas após o primeiro orgasmo. Outras ficam mais sensíveis e não se sentem confortáveis com o toque após o orgasmo.

Esses são os sinais mais comuns, mas podem variar de uma pessoa para outra, assim como as experiências e níveis de prazer.

Reações bizarras e incomuns como chorar, gritar, ficar totalmente parada ou fazer ruídos estranhos podem acontecer. Não se preocupe que é super normal, afinal cada orgasmo é único.

POR QUE ALGUMAS MULHERES NÃO CONSEGUEM GOZAR

Dificuldade para Gozar

Apesar de toda mulher estar preparada para alcançar o orgasmo, muitas não conseguem essa façanha. Quais são os motivos que impedem o orgasmo?

Existem muitos fatores fisiológicos que podem contribuir para isso, como doenças vasculares, diabetes, endometriose, miomas, menor fluxo sanguíneo, problemas hormonais, ressecamento vaginal e muitos outros.

Podemos incluir nessa lista de motivos, alguns fatores físicos como stress, cansaço, TPM ou algumas dificuldades sexuais que podem ser atrapalhar o desempenho sexual, como a Dispareunia (dor genital durante o ato sexual), Vaginismo (dor genital que impede penetração) e Anorgasmia (ausência do orgasmo).

Apesar dos aspectos físicos terem muito peso nessa questão, os especialistas são unânimes em afirmar que as causas podem ter raízes mais profundas, como por exemplo: insegurança, educação sexual precária, problemas conjugais e, principalmente, falta de conhecimento do próprio corpo.

Vamos analisar aqui cada tópico. Sabendo as causas, fica muito mais fácil encontrar as soluções.

VERGONHA E INSEGURANÇA

Se alguém tem vergonha do corpo e está insegura quanto à sua performance, não conseguirá deixar a tensão de lado e dificilmente irá se entregar totalmente no sexo.

Esse problema vem acompanhado de baixa autoestima e, para ser feliz sexualmente, assim como em outros aspectos da vida, é preciso estar bem consigo mesma.

EDUCAÇÃO SEXUAL REPRESSORA

Se a mulher teve uma educação reprimida e foi criada em ambiente conservador, ensinando que o ato sexual é algo sujo e proibido, pode ser que ela se sinta culpada e crie bloqueios, ainda que de forma inconsciente.

Quando a educação familiar não é bem administrada, é comum desencadear muitos temores e receios decorrentes da desinformação e preconceito.

ESTRESSE E CANSAÇO

Sabemos que o sexo exige muita energia e entrega. Mas se a pessoa está estressada ou cansada, dificilmente irá se concentrar no prazer. Nessas condições, o estresse libera cortisol no corpo, substância que interfere em neurotransmissores responsáveis pelas sensações de prazer, como a dopamina e a endorfina.

Dessa forma, o desejo ficará inibido, atrapalhando a excitação, a lubrificação vaginal e dificultando o orgasmo.

PROBLEMAS NO RELACIONAMENTO

Aqui podemos destacar a falta de diálogo entre os casais, onde há dificuldade em falar sobre o que se gosta na cama ou até mesmo o estresse decorrente da relação. Muitas vezes isso resulta em preliminares ruins, onde uma das partes não colabora ou se preocupa somente consigo.

NÃO CONHECER O SEU CORPO

A falta de conhecimento do próprio corpo é apontada como uma das maiores causas que impedem as mulheres de atingirem orgasmos. Por isso a masturbação é fundamental nesse processo de descobertas. Quando a mulher sabe o que gosta, é capaz de mostrar ao parceiro como e onde prefere ser tocada.

EXPERIÊNCIAS ANTERIORES NEGATIVAS

Outra coisa que pode dificultar o orgasmo são as experiências ruins que não passaram por um processo de entendimento e amadurecimento. Geralmente esse tipo de situação desencadeia muitos bloqueios, como consequência do medo de repetir o que passou. É preciso entender que toda experiência sexual, seja boa ou ruim, serve como aprendizado.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DO ORGASMO?

Benefícios do Orgasmo

Sabemos que fazer sexo é bom e promove uma sensação enorme de bem-estar. O que pouca gente sabe é que o orgasmo pode proporcionar também benefícios à nossa saúde.

Uma vida sexual ativa e saudável pode levar desde o alívio do estresse até a prevenção de doenças cardíacas. Por isso listamos a seguir os principais benefícios que o orgasmo pode trazer para nossa vida:

1. Regula o ciclo menstrual O orgasmo promove aumento da circulação sanguínea nos órgãos da cavidade pélvica, o que resulta em um ciclo menstrual mais regular.

2. Alivia dores: durante o orgasmo, nosso cérebro libera endorfinas e oxitocinas em quantidades até cinco vezes maiores do que em situações normais. Essas substâncias são hormônios responsáveis pelo controle da dor, muito similares à morfina.

3. Melhora o sono: De acordo com os estudiosos, além de relaxar o corpo, o orgasmo também ativa neurotransmissores que fazem o cérebro e o organismo funcionarem melhor, interferindo diretamente na qualidade do nosso sono.

4. Reduz a ansiedade: Pesquisas apontam que o orgasmo tem efeito terapêutico, ou seja, é capaz de auxiliar na redução de ansiedade.

5. Regula a menstruação de forma natural. Ao gerar aumento na circulação sanguínea da região íntima, os ciclos menstruais se tornam mais regulados se comparados aos ciclos de mulheres que têm poucos orgasmos durante o mês.

6. O orgasmo higieniza a cavidade vaginal: Ao ter um orgasmo os músculos da cavidade vaginal se alongam e ajudam na circulação do muco vaginal.

Esse muco é saudável e responsável pela higienização do canal vaginal, inibindo infecções e protegendo a região de forma 100% natural.

COMO SUPERAR OBSTÁCULOS QUE ATRAPALHAM ORGASMO?

Se não há possibilidades de disfunções sexuais ou doenças, analise os outros motivos que impedem o orgasmo e aponte as possíveis soluções.

Se tiver algum problema físico, converse com sua ginecologista e peça orientação adequada ao seu caso.

Caso você perceba que sua ansiedade, culpa ou medo interferem muito na sua intimidade, busque ajuda psicológica. O ideal é eliminar o problema direto na raiz!

Mas se o problema estiver no relacionamento, nada melhor do que ter um diálogo franco e aberto com seu parceiro (ou parceira). Nesse caso, seja prática: troquem ideias, falem sobre preferências e limites. Quando o diálogo está presente na relação, a cumplicidade aumenta muito mais.

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE ORGASMO

Maiores dúvidas sobre Orgasmo

Orgasmo é um tema que gera muito interesse e inúmeros questionamentos. Por isso, separamos aqui as principais dúvidas relacionadas ao momento do clímax sexual.

Por que eles gozam primeiro?

Em muitos casos, o homem mantém um padrão de comportamento sexual focado somente no pênis. Outro detalhe a ser observado é a própria ansiedade do homem que pode influenciar a duração da relação sexual.

Por outro lado, a mulher costuma demorar um pouco mais para entrar no clima. É preciso ter equilíbrio nessa curva de excitação, com preliminares mais prolongadas e focadas no prazer feminino.

Qual é a diferença entre Ejaculação e Orgasmo?

Apesar de muita gente achar que é a mesma coisa, são fenômenos mediados em lugares diferentes. Enquanto a ejaculação é um fenômeno localizado e mecânico e acontece a partir da liberação do esperma pelo pênis, o orgasmo é o prazer físico mais intenso que o ser humano é capaz de experimentar, ocorrendo no cérebro.

O orgasmo com ejaculação é o mais comum. Porém, por serem mecanismos distintos, a ejaculação e o orgasmo podem ocorrer de maneira independente. O homem pode ter ejaculado várias vezes no dia. Pode ser que em determinado momento, ele não tenha mais o que liberar, mas a sensação do orgasmo pode acontecer.

O que é Orgasmo Seco?

O orgasmo sem ejaculação, também chamado de orgasmo seco, é possível de acontecer em homens que passaram por cirurgia na próstata ou que tiveram lesões neurológicas medulares.

Outro grupo específico são os homens que ejaculam muito rápido, causando a inibição do prazer. Quando o ato sexual tem curta duração e, consequentemente, menor tempo de estímulo, a ejaculação pode acontecer sem o orgasmo.

Quais são os tipos de orgasmo feminino?

Geralmente designam-se Orgasmo Vaginal (aquele obtido através da penetração) e Orgasmo Clitoriano (por estimulação através do clitóris.

A própria ciência indica que o orgasmo é uma resposta final à excitação, independente da forma como se chega lá. O que podemos falar é que existem diferentes formas de estimulação para se conseguir atingir o orgasmo.

Como cada pessoa é única, há mulheres que têm estruturas clitorianas mais desenvolvidas, outras têm maior sensibilidade no canal vaginal, o que pode influenciar no prazer.

Porque algumas mulheres gozam somente com a estimulação e não com a penetração?

Nosso modelo sexual é baseado na penetração e isso não favorece o orgasmo da mulher, que precisa de estimulação do clitóris para consegui-lo.

Devemos lembrar que, de fato, o clitóris é o órgão sexual responsável única e exclusivamente para o prazer da mulher. Portanto, a maioria das mulheres terá maior prazer pelo estímulo do clitóris do que pela penetração. E isso é absolutamente normal!

Uma forma de unir o útil ao agradável é realizar a penetração num ângulo ligeiramente voltado para frente, , de forma que os corpos se encostem e pressionem o clitóris. Isso significa que o “ponto do prazer” será estimulado pela parte externa no corpo masculino enquanto a penetração acontece, proporcionando uma sensação inigualável!

A fase da vida em que estamos influencia o orgasmo?

Sim. O orgasmo está relacionado ao nosso estilo de vida, a fase em que estamos e também de acordo com as situações vividas, como por exemplo, gravidez, pós parto ou quando tomamos alguma medicação.

O orgasmo é diferente ao longo da vida e a maturidade pode contribuir para que seja melhor. Há momentos em que os orgasmos são muito intensos, outros nem tanto. O importante é perceber que sempre existe uma forma de aprimorar o seu prazer e também aceitar que existem momentos em que simplesmente não se consegue atingir o orgasmo. E está tudo bem!

Como chegar ao orgasmo com facilidade?

“Relaxe e goze!” Essa frase tão comum expressa o grande segredo para chegar ao orgasmo. É fundamental estar concentrada naquele momento, com a mente livre de problemas ou distrações, além de estar com o corpo completamente relaxado.

Saber o que você gosta ou não, tocar nas áreas de maior prazer e deixar-se guiar pelos seus desejos são fatores essenciais. Ah, e o principal: nada de exigir de si mesmo “tenho que ter um orgasmo”. Vá no seu ritmo! A pressa é o pior inimigo para um orgasmo.

É possível controlar o orgasmo?

Sim! E esta resposta é válida tanto para homens quanto para mulheres. Quando a pessoa conhece o seu corpo, consegue controlar o momento do orgasmo. Um exemplo prático disso é quando você sente que está prestes a gozar. Se deseja que o sexo dure mais tempo, mude de posição ou estimule de forma diferente para “quebrar o padrão”. Depois você recomeça todo o processo de excitação.

Muitos casais querem atingir o orgasmo ao mesmo tempo e isso pode ser equilibrado com o tempo. Mas esta questão não é a mais importante, mas sim a intimidade e conexão que partilham juntos.

O que é Squirt?

Essa palavra deriva da língua inglesa e significa "esguicho" ou "jato". É muito utilizada para representar o fluido expelido pela vagina por algumas mulheres durante o sexo.

Não se trata de urina, visto que esse fluido tem viscosidade e transparência inodora. Embora não exista um consenso sobre o processo, acredita-se que o líquido possa ter origem nas Glândulas de Skene, situadas próximas ao clitóris e a uretra.
Completamente involuntário, o acontecimento do squirting não é algo que possa ser planejado ou controlado.

Vale deixar claro que esse é um fenômeno raro e que acontece com poucas mulheres e, inclusive, muitas delas se sentem até envergonhadas pela situação – já que o ambiente em está ocorrendo a relação acaba ficando molhado.

O squirt pode acontecer mais facilmente em posições específicas do sexo e até mesmo com o uso de um vibrador durante a masturbação, em momentos de alto nível de excitação.

Mesmo assim, ainda que você queira passar por essa experiência de forma proposital e estimule a vagina e clitóris simultaneamente não significa que terá um, pois cada corpo é diferente.

Se você já conseguiu ter um Squirt, ótimo! Se ainda não conseguiu, não se preocupe. Em vez de se concentrar em um destino, por que não apenas colocar uma toalha por baixo e aproveitar a viagem?

O importante é gozar gostoso (com ou sem squirt).

POSIÇÕES QUE AUXILIAM O ORGASMO

Mudar levemente sua técnica ou escolher a posição correta pode fazer toda a diferença na hora de atingir o orgasmo. Por isso, separamos aqui as posições para um orgasmo garantido.

Vamos conferir agora as posições que proporcionam mais prazer para as mulheres e que valem a pena experimentar sempre que possível.

Posição Papai Mamãe

Posição Papai e Mamãe

A mulher deita sobre a cama e o parceiro por cima dela. Essa posição é extremamente confortável para a mulher, que consegue relaxar muito mais e aproveitar as sensações proporcionadas pela penetração. Nesse ângulo, o pênis também estimula o clitóris, o que torna tudo mais estimulante.

OBS: durante a masturbação, essa posição pode ser equivalente à mulher ficar deitada, com as pernas abertas e estimulando a região íntima com um vibrador ou pênis realístico.

Posição Cavalgada

Posição Cavalgada

Nessa posição, o homem fica por baixo e a mulher por cima, como se estivesse agachada. Dessa forma, o pênis faz uma curva que atinge o ponto G, a área de maior excitação para grande parte das mulheres. Além disso, a mulher está no controle do ritmo de movimentos e o homem pode estimular o clitóris ao mesmo tempo.

OBS: se a mulher estiver sozinha se masturbando, experimente essa posição com um acessório que possua ventosa, realizando os mesmos movimentos da posição Cavalgada.

Posição De Ladinho

Posição de Ladinho

Essa posição consiste nos dois deitados de lado, um encaixado no outro. O contato físico mais próximo aumenta ainda mais a intimidade, além do casal se abraçar durante a penetração. As mãos dele ficam livres para estimular o clitóris dela, seja com os dedos ou algum acessório, acelerando o processo do orgasmo.

DICAS PARA AUMENTAR CHANCES DO ORGASMO

CONCENTRAÇÃO TOTAL

Estar distraída é um fator que dificulta e adia o orgasmo, além de ser uma queixa muito frequente entre as mulheres. Seu cérebro é uma parte vital para essa experiência, registrando sensações e liberando hormônios de prazer.

Por isso, tente relaxar e tenha bastante tempo para se dedicar ao seu prazer. É importante ressaltar que você deve ter muita paciência consigo mesma e com seu corpo.

Portanto, feche os olhos e concentre-se apenas no momento que está vivendo, curtindo cada sensação. Para não perder o foco, preste atenção na sua respiração.

Quanto mais você praticar o controle da respiração, mais relaxada você ficará e, consequentemente, aumentará as chances de ter orgasmos múltiplos.

MASTURBAÇÃO

Vibrador Feminino

Nem toda mulher sabe como gozar sozinha. Para aprender como chegar lá é preciso que ela conheça bem o seu corpo.

Isso significa masturbar-se! A masturbação é o primeiro (e principal) passo nessa fase de autoconhecimento. Ao se tocar, ela irá descobrir quais os tipos de movimentos, as maneiras e a intensidade que gosta de ser estimulada.

Consequentemente, terá maior facilidade em ter orgasmos numa relação a dois.

Uma dica legal: Comece tocando a vulva lentamente, depois concentre-se em estimular o clitóris. Isso ajudará a trazer sangue para a área e deixar a região do ponto G pronta para brincar. Se tiver um vibrador amigo, melhor ainda!

Depois coloque bastante pressão no ponto G. Quando já estiver bastante excitada, insira o dedo médio e anelar alguns centímetros dentro da vagina e massageie o ponto G. Ele parece uma pequena área esponjosa ao longo da parede vaginal. Não esqueça de relaxar os músculos do assoalho pélvico enquanto estimula o ponto G.

POMPOARISMO

Pompoarismo Feminino

Praticar Pompoarismo é outro exercício que irá proporcionar inúmeros benefícios e consequentemente estimular a excitação. Logo, é importante tonificar o períneo (músculos que sustentam os órgãos pélvicos), contraindo-o e relaxando a região repetidas vezes.

MAIS PRELIMINARES

Harness Feminino para Cintura

As preliminares são fundamentais para a mulher atingir o nível de excitação para o orgasmo. É nesse período que o corpo se prepara naturalmente para o sexo, além do clitóris ficar mais sensível e preparado para penetração.

Agora um detalhe interessante… Você já observou quais são os 5 lugares estatisticamente mais tatuados pelas mulheres no próprio corpo? Nuca, virilha, atrás das orelhas, a parte externa dos pés e região lombar. São cinco áreas extremamente sensíveis a qualquer estímulo e merecem ser exploradas durante as preliminares.

Faça isso… E depois veja o resultado!

OUSADIA

Todo mundo fala em “ousadia”, mas o que quer dizer isso? Libertar sua mente do medo, da vergonha e do preconceito experimentando novas atitudes durante o sexo.

Na prática significa você experimentar coisas novas, posições diferentes, práticas que nunca tinha tentado antes… Quem sabe até usar um vibrador ou acessório. Tudo é válido entre quatro paredes para atingir o prazer.

Mas se depois disso tudo, você não conseguir, não se cobre muito. O mais importante é curtir você e seu parceiro (ou parceira) nessa viagem.

POSIÇÕES ESTIMULANTES

“Qual é a melhor posição para gozar?” Essa pergunta é muito relativa, pois depende da preferência de cada um. O que pode ser bom para uma pessoa, para outra pode ser desconfortável. Não há regras.

Uma dica gostosa é praticar todas as posições possíveis até achar aquela que realmente lhe dê prazer o suficiente para atingir o orgasmo. Convém ressaltar que experimentar várias posições é uma forma interessante de manter o sexo animado, no entanto, se mudar de posição toda hora pode atrapalhar seu orgasmo.

(Falamos sobre isso no tópico anterior).

PRODUTOS EXCITANTES

Hoje em dia as pessoas estão cada vez mais receptivas, com uma visão mais aberta em relação aos produtos eróticos e como melhorar seu desempenho sexual. De uma forma geral, muitos produtos eróticos tem esta finalidade, mas aqui vamos destacar somente aqueles que atuam de forma direta no processo do orgasmo.

Os melhores produtos para orgasmo são:

Lubrificantes: melhoram a lubrificação natural, facilitam a penetração e estimulam a excitação;

Geis Excitantes: são produtos com efeito térmico e ação vasodilatadora, tornando a pele mais sensível ao toque, acelerando o orgasmo;

Acessórios para Pompoarismo: a técnica fortalece os músculos do assoalho pélvico;

Vibradores: independente do modelo, os vibradores são perfeitos para o autoconhecimento e, principalmente, o intuito de complementar o prazer sexual.

Contar com a ajuda de um brinquedo erótico é uma ótima maneira de alcançar o orgasmo rapidamente. A pressão e estímulos proporcionados por um vibrador são muito maiores do que você pode fazer sozinha ou um parceiro pode fazer por você.

Uma dica legal são os modelos de vibradores com ângulos curvados. Ao introduzir, você pode colocar a ponta contra o seu ponto G e usar um movimento de balanço para estimulá-lo, aumentando a excitação em níveis muito elevados.

COMO CHEGAR AO ORGASMO?

Como Alcançar o Orgasmo?

Curiosamente, a primeira dica para ter orgasmo é não buscar por ele. Não existe fórmula mágica para chegar lá. Tudo vai depender de você, do seu nível de excitação, da colaboração do seu parceiro (ou parceira, se estiver numa relação),
e, principalmente, do seu autoconhecimento.

Afinal, como exigir prazer de alguém se nem você sabe sabe o que a excita? O orgasmo só acontece quando você sabe o que quer e como conseguir da maneira certa.

Ainda assim, podemos citar todas as técnicas ou dicas possíveis, até mesmo os melhores produtos para “acelerar” o orgasmo, mas nós sabemos que no fundo o GRANDE SEGREDO para conseguir orgasmos é simplesmente um: relaxar!

Esqueça os problemas, as neuras e tudo o que a impede de sentir prazer… Saiba aproveitar o momento, sem medo de ser feliz que o orgasmo virá naturalmente!

Agora conte aqui pra gente: gostou de saber de tudo isso? Não se esqueça de compartilhar esse conteúdo com quem também precisa saber dessas informações.

E depois é só colocar em prática todas as dicas para alcançar o que realmente interessa.
Você sabe como...